tragetoria

´

  • Em 2018 iniciamos a plataforma “Esse é o nosso Norte”, voltada para a construção e o aperfeiçoamento de quadros políticos de esquerda para a cidade de Manaus;

  • A tendência interna do PSOL, a Primavera Socialista, que criou esta proposta política iniciou o planejamento de três bancadas coletivas em 2019, mas após reflexões e debates ficou definido que seria apenas uma Bancada reunindo 10 integrantes;

  •  Após o exercício de imersão para projetar a nova proposta nasceu o nome Bancada Coletiva;

  • No decorrer do caminho algumas pessoas não puderam continuar participando da co-candidatura, permanecendo 5 mulheres que é o quadro que atualmente apresentamos à população de Manaus;

  • Em fevereiro, tivemos o Bloquinho Rai Coletiva e também um grande encontro com nossa rede de apoio realizado no dia 28 de fevereiro, sendo estas nossas últimas atividades presenciais antes da pandemia de Covid-19;

  • Com as recomendações de isolamento social, a construção do nosso projeto político deu lugar a novas prioridades: ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade durante à crise sanitária. Desde março nos mobilizamos para produzir faixas de conscientização, distribuir máscaras e até mesmo cestas básicas em alguns casos;

  • No início de maio o Partido Socialismo e Liberdade (Psol) validou a nossa proposta e a partir de então teve início a pré-campanha da Bancada Coletiva, seguindo o calendário do TSE para as Eleições 2020.

polItica da vida real

A Bancada Coletiva quer discutir a cidade, projetos e sonhos de um lugar melhor para viver. Trabalhamos na construção de uma política que deve crescer a partir de uma rede ampla de pessoas que acreditem numa sociedade diferente. Queremos construir esta política, baseada na participação, na transparência e na diversidade. Uma política que una pessoas, vizinhanças, amizades, ativistas, entidades, bairros e zonas. Uma política que inclua as várias realidades da cidade de Manaus. Os nossos princípios são: Diversidade - com aumento da participação de segmentos sociais de baixa representatividade política nos parlamentos; Transparência - garantindo que o financiamento da nossa campanha não atende a interesses escusos e, principalmente, com o compromisso de um mandato que estimula o controle social e a fiscalização do Estado; Baixo Custo - queremos mostrar que uma política com foco nas redes, nas ruas e na realidade de pessoas, coletivos e movimentos é capaz de superar o poderio econômico que captura o exercício político.

Partido Socialismo e Liberdade - PSOL | CNPJ : 38.455.274/0001-48

Copyright © 2020 por Bancada Coletiva.